Evite estes Três Erros Comuns ao Tomar Decisões

Tomar decisões é a sua mais dura tarefa como líder. Quanto mais importante for a decisão, maior é a possibilidade de você ficar paralisado. Aqui estão três maneiras de evitar as armadilhas mais comuns:

Ancoragem. Muitas pessoas dão um peso desproporcional à primeira informação que eles recebem. Certifique-se de buscar outras linhas de pensamento, mesmo que a primeira pareça certo.

Status quo. Mudanças geram desconforto e perturbação e sempre parecerá mais fácil manter as coisas do jeito como estão. Pergunte a você mesmo se o estado atual o levará de encontro aos seus objetivos e sempre minimize o desejo de permanecer no estado atual.

Confirmando evidências. Se você acha que novas informações ainda validam o seu ponto de vista, peça a um respeitado colega para argumentar contra a sua perspectiva. Também evite trabalhar com pessoas que sempre concordam com você.

por Jeffrey Pfeffer

Três Dicas para Tomar Grandes Decisões

Mesmo os gestores mais determinados podem enfrentar o desespero ao lidar com decisões e questões extremamente difíceis. Na próxima vez em que estiver a frente de uma grande e importante decisão, use estas três ideias:

Confie e desafie a sua intuição. Em alguns casos, a sua primeira reação pode estar certa, mas provavelmente não será baseada no pensamento racional. É importante questionar a sua reação inicial e testá-la após você ter reunido mais dados.

Nível de imparcialidade. Egoísmo e auto promoção podem estar apenas no seu subconsciente. Reconheça quando você for parcial e peça a um colega ou parceiro de confiança que esteja atento para saber o quanto suas decisões estão livres de qualquer preconceito.

Envolva outras pessoas. Grandes decisões não deveriam acontecer no vácuo. Consulte outras pessoas para reunir pontos de vista e opiniões diferentes. Isto irá ajudá-lo a fazer uma escolha muito mais consciente e aumentará a acuracidade de suas decisões mais importantes.

by Amy Gallo.

Recicle seu Cérebro

Todo o líder enfrenta uma porção de irritantes e desagradáveis contratempos suficientes para estragar o dia de qualquer um. Em resposta a estes aborrecimentos, alguns líderes se tornam ainda mais irritados e estressados, enquanto outros agem serenamente em meio a tempestade. Para fazer parte dos líderes da última categoria você precisa de resiliência. Treine seu cérebro para se restabelecer rapidamente em vez de ficar paralisado ou bloqueado pelas dificuldades.
Encontre um lugar calmo onde você não será interrompido. Sente-se confortavelmente e se concentre somente na sua respiração. Observe calma e lentamente enquanto inspira e expira. Não tente mudar o compasso de sua respiração, apenas observe atentamente. A medida que pensamentos, sons ou qualquer outras distrações insistirem em incomodá-lo, deixe-os ir embora e volte a atenção para a sua respiração. Ao fazer isso por 30 minutos diários você ensinará o seu cérebro ir a um lugar calmo e tranquilo quando estiver estressado, em vez de agravar uma reação em cadeia que levará a uma infrutífera e negativa luta interna.

by Daniel Goleman

Decisões tomadas em momentos de ira e raiva impactam negativamente de forma significativa no longo prazo.