Não Faça Apenas o Que Você Ama

Ninguém quer um emprego ou uma carreira que odeie. Mas às vezes é melhor fazer o que gosta – não o que você ama.
O senso comum dirá, faça apenas o que você ama. Especialistas normalmente prometem que ao agir assim a plena felicidade e realização sempre virão. Mas nem sempre as coisas são assim. Aqui estão três razões pelas quais você possa querer evitar perseguir a sua paixão:
Não é seu ponto forte. Você pode amar fazer algo em que não seja tão bom. Porque pode ser difícil de se auto avaliar, pedir e receber um feedback franco daqueles ao seu redor e saber quais realmente são seus pontos fortes.
Você está muito apegado emocionalmente. A paixão pode ofuscar seu discernimento e julgamento. Quando você se importa profundamente com alguma coisa, pode ser difícil de se aceitar críticas ou deixar que os outros se envolvam.
É um hobby, não um trabalho. Infelizmente, você não pode ser pago por tudo. O que você ama pode não ser lucrativo ou dar um retorno mínimo. Em vez disso, encontre algo que lhe garanta um bom pagamento. Isto não significa que você deva abandonar o seus sonhos, mas adquirir a noção de que nem sempre tudo acontece na ordem exata como queremos.

by D. Clark

Seja um Otimista Realista

Líderes reduzem a ansiedade de suas equipes quando equilibram otimismo x realidade, produtividade x pressão, humildade x autoconfiança.

Se você acredita que terá sucesso, assim será. Certo? Não é bem assim. Pesquisas revelam que o otimismo e a confiança que você traz vão ajudar de verdade a alcançar as metas, mas não há garantias. É fato que se você acredita que o sucesso virá facilmente, você poderá se decepcionar, pois poderá deixar de colocar o esforço necessário à realização do trabalho. Portanto, você precisa pensar positivamente, mas também ser realista sobre o que pretende realizar. Sabendo que o sucesso é difícil, você ganhará forças e fará todo o esforço necessário a sua conquista. Não gaste muito tempo visualizando o resultado final. Em vez disso, anteveja todos os passos que te levará a chegar lá.

by H.G.Halvorson